Eduardo Bolsonaro vai presidir Comissão de Relações Exteriores da Câmara

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, será confirmado ainda nesta quarta-feira (13) no comando da Comissão de Relações Exteriores da Câmara.

O líder do partido na Casa, delegado Waldir (PSL-GO), não confirma a informação e diz que os nomes dos presidentes das comissões cujos comandos ficaram com o partido após acordo com as demais lideranças serão anunciados em coletiva à imprensa. Contudo, informações de bastidor dão conta de que a negociação para acomodar Eduardo fez com que o PSL abrisse mão de presidir a Comissão de Finanças e Tributação, em favor do MDB.

Lista da divisão do comando das comissões por partido. Foto: Reprodução

O "03", como é chamado o terceiro filho do presidente, tem sido um dos interlocutores na área de relações internacionais. Viajou aos Estados Unidos em novembro do ano passado, após a eleição do pai, em uma espécie de preparação para a visita que Jair Bolsonaro fará ao país na semana que vem. Ele tem um encontro marcado com o presidente norte-americano, Donald Trump, em 19 de março.

Além da Comissão de Relações Exteriores, o PSL também ficou com o colegiado mais importante da Casa, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Após acordo interno no partido, ficou acertado um rodízio entre os parlamentares, com troca entre os integrantes da sigla que pleiteiam o cargo, a começar pelo novato Felipe Francischini (PR), de 27 anos.

 

Maia determina instalação da CCJ e outras 24 comissões. Veja que colegiado cada partido comandará

Líderes decidem segurar reforma da Previdência na CCJ até envio de novas regras para aposentadoria dos militares

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!