Bolsonaro diz que seguidor vai ficar desempregado “só pelo bafo”

Abordado na saída do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro disse em tom de deboche que um dos apoiadores que estava ali para falar com ele e que pediu ajuda ao presidente, ficaria desempregado "só pelo bafo". O fato aconteceu na manhã  desta sexta-feira (27), e foi registrado na live feita pela equipe do próprio presidente.

> Veja a íntegra do discurso de Jair Bolsonaro na ONU

Em um minuto e vinte segundos de transmissão, o homem diz que quer ajudar o presidente a "colocar o Brasil no top do turismo", e é ignorado por Bolsonaro. Nos dois minutos e dez segundos da live é possível ver o seguidor do presidente clamando por ajuda. "Aqui meu  querido", inicia o homem ao tirar uma selfie com o presidente. "Turismo, me ajuda Bolsonaro, por favor", implora o cidadão. "Vai dar tudo certo, vai dar tudo certo", continua o homem.

Nesse momento Bolsonaro vira e fala no ouvido do segurança que o homem seguirá desempregado porque teria bafo. "Só pelo bafo não vai ter emprego, né?", na sequencia o presidente ri e volta a distribuir autógrafos.

Aos quatro  minutos o homem vítima dos insultos volta a ficar perto de Jair Bolsonaro e diz que ele é maravilhoso. "O senhor é maravilhoso", diz o homem. "O senhor tem Deus no coração Bolsonaro. O senhor é demais", completa.

"Ideal, o senhor veio para salvar o Brasil", diz o seguidor que continua sendo ignorado por Bolsonaro, que neste  momento, autografa camisas das crianças presentes.

Aos sete minutos e trinta o homem volta a abordar o presidente e dessa vez pede para ele autografar sua camisa. Jair Bolsonaro autografa com o braço esticado e diferente do que fez  com as outras pessoas presentes, ele assina se afastando do homem que implora para Bolsonaro ler a carta que ele entregou. "Eu te imploro, você lê Bolsonaro?", o presidente ignora mais uma vez o homem e sem responde-lo pergunta de quem é a caneta que ele está na mão.

Após isso, Bolsonaro tira mais algumas selfies e a live se encerra. Veja o vídeo.

> Governistas festejam discurso. Para oposição, foi vexame

> Entre agora no Catarse para colaborar  com o jornalismo independente

 

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!