Ao lado de Toffoli, Bolsonaro diz que vai trabalhar em conjunto com os poderes

O presidente eleito Jair Bolsonaro se reuniu na manhã de hoje (7), em Brasília, com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Dias Toffoli. Depois do encontro, Bolsonaro pediu união para governar o Brasil e disse que muitas vezes vai consultar Toffoli para tomar decisões.

"Nenhuma pessoa sozinha vai salvar a nossa pátria, mas a união de autoridades, juntamente com seu povo, tem a condição de oferecer alternativas para que o Brasil ocupe a posição de destaque no cenário mundial", disse o presidente eleito.

Ele disse ainda que vai trabalhar em conjunto com os poderes Judiciário e Legislativo para aperfeiçoar as leis de combate à criminalidade. "Pode ter certeza Vossa Excelência que muitas vezes antes de tomar iniciativa o procurarei para que a gente possa aperfeiçoar essa ideia e ela, de forma mais harmônica, siga seu curso nacional dentro do parlamento", disse.

O presidente do STF disse que os três principais desafios do país são a reforma da Previdência, o equilíbrio fiscal e o combate à violência. “Da parte do STF, estamos abertos a esse diálogo institucional, estabelecer um pacto republicano”, disse Toffoli.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!