Estamos mudando o site. Participe enviando seus comentários por aqui.

Um em cada três deputados é acusado de crimes. Veja a lista atualizada dos investigados

Dos 513 integrantes da Câmara, pelo menos 178 respondem na Justiça a inquéritos

Um em cada três deputados é suspeito de ter cometido algum tipo de crime. Dos 513 integrantes da Câmara, pelo menos 178 respondem na Justiça a inquéritos (procedimentos que podem resultar em processos) ou ações penais (processos que podem acabar em condenação). O PP, o PT e o PSDB são os partidos com mais deputados com pendências criminais. Das 27 legendas com assento na Casa, apenas seis pequenas (Psol, Rede, PV, PPL, PRP e PRTB) não têm atualmente parlamentares sob investigação (veja abaixo a lista dos investigados).

Os dados são de levantamento exclusivo do Congresso em Foco com base em informações do Supremo Tribunal Federal (STF). Praticamente metade das bancadas do PP e do PT é acusada de crimes. Nessa situação estão 29 dos 60 petistas e 24 dos 49 deputados do PP. Os tucanos vêm a seguir, com 21 de seus 49 nomes sob suspeição. Dono da segunda maior bancada da Câmara, com 50 parlamentares, o MDB tem dez com pendências judiciais.

<< Mais da metade do Senado é acusada de crimes. Veja a lista atualizada dos investigados

Entre as representações estaduais, nenhuma escapa ilesa. Todas têm pelo menos um representante na lista dos investigados. Em seis unidades federativas, pelo menos metade dos deputados está sob suspeita. No DF e em Mato Grosso esse percentual chega a 75%. Apenas dois de seus oito parlamentares estão livres, no momento, de preocupação com a Justiça.

18 processos

O parlamentar mais enrolado é Roberto Góes (PDT-AP), que acumula 18 processos. O ex-prefeito de Macapá, que chegou a ser preso no exercício do mandato, é réu em dez ações penais e investigado em oito inquéritos. Por estarem relacionados à sua passagem pela prefeitura, seis casos já foram enviados à Justiça do Amapá. Depois dele, os que mais acumulam rolos judiciais são Zeca do PT (PT-MS), com nove inquéritos e duas ações penais; Zeca Cavalcanti (PTB-PE), com 11 inquéritos; Alfredo Kaefer (PP-PR), com oito inquéritos e uma ação penal; e o líder do governo no Congresso, André Moura (PSC-SE), com seis inquéritos e três ações penais.

Em 2004 o Congresso em Foco se tornou o primeiro veículo a levantar as pendências criminais dos congressistas. Dezenas de pesquisas foram feitas pelo site desde então. Este é o último levantamento com base no entendimento de foro privilegiado que prevaleceu até a semana passada, pelo qual todas as acusacoes criminais contra deputados e senadores tramitavam no Supremo.

A partir de agora apenas os crimes atribuídos aos parlamentares no exercício do mandato e vinculados ao cargo continuarão na corte. Processos envolvendo acusacoes relativas a outras funções públicas, atividades empresariais ou atos pessoais estão sendo enviados, desde o último dia 3, para instâncias inferiores. A decisão de manter ou despachar o processo cabe a cada relator.

<< Em uma semana, ao menos 50 processos contra parlamentares já foram remetidos a instâncias inferiores

* Colaborou Thallita Essi, sob a supervisão de Edson Sardinha.

Veja a relação dos investigados abaixo e clique em cada nome para ver mais detalhes.

Deputados Partido UF Inquérito Ação penal Total
Adail Carneiro Podemos CE 1 1
Adalberto Cavalcanti Avante PE 1 1 2
Adelson Barreto PR SE 1 1
Adilton Sachetti PRB MT 3 1 4
Aelton Freitas PR MG 1 1
Afonso Motta PDT RS 1 1
Aguinaldo Ribeiro PP PB 1 1
Alberto Fraga DEM DF 0 4 4
Alceu Moreira MDB RS 1 1
Alex Canziani PTB PR 1 1
Alfredo Kaefer PP PR 8 1 9
Alfredo Nascimento PR AM 1 1
Altineu Côrtes PR RJ 2 2
André Moura PSC SE 6 3 9
Andrés Sanchez PT SP 6 6
Aníbal Gomes DEM CE 3 1 4
Antônio Balhmann PDT CE 2 2
Antônio Brito PSD BA 1 1
Arlindo Chinaglia PT SP 2 2
Arnaldo Faria De Sá PP SP 1 1
Arnaldo Jardim PPS SP 1 1
Arthur Lira PP AL 7 7
Arthur Oliveira Maia DEM BA 1 1
Assis Carvalho PT PI 1 1
Assis Melo PSDB RS 1 1
Átila Lira PSB PI 1 1
Augusto Coutinho SD PE 1 1
Benito Gama PTB BA 1 1
Betinho Gomes PSDB PE 3 3
Beto Faro PT PA 1 1
Beto Mansur MDB SP 2 2
Bonifácio De Andrada DEM MG 1 1
Bruna Furlan PSDB SP 1 1
Bruno Araujo PSDB PE 1 1
Cabo Daciolo PEN RJ 1 1 2
Cacá Leão PP BA 1 1
Caetano PT BA 1 1 2
Cajar Nardes Podemos RS 2 2
Carlos Bezerra MDB MT 2 1 3
Carlos Henrique Gaguim DEM TO 1 1
Carlos Souza PSDB AM 1 1
Carlos Zarattini PT SP 2 2
Celio Silveira PSDB GO 2 2
Celso Russomanno PRB SP 2 2
César Halum PRB TO 1 1
César Messias PSB AC 1 1
Chico Lopes PCdoB CE 1 1
Cícero Almeida PHS AL 2 1 3
Clarissa Garotinho PROS RJ 1 1
Dâmina Pereira Podemos MG 2 2
Daniel Almeida PCdoB BA 1 1
Danilo Forte PSDB CE 1 1
Décio Lima PT SC 2 2
Delegado Éder Mauro PSD PA 1 2 3
Dilceu Sperafico PDT PR 1 1
Dimas Fabiano PP MG 1 1
Édio Lopes PR RR 0 1 1
Eduardo Barbosa PSDB MG 1 1
Eduardo Da Fonte PP PE 3 3
Eli Corrêa Filho DEM SP 2 2
Érika Kokay PT DF 3 3
Ezequiel Fonseca PP MT 3 3
Fábio Faria PSD RN 2 2
Fábio Ramalho MDB MG 1 1
Felipe Maia DEM RN 1 1
Fernando Torres PSD BA 1 1
Gabriel Guimaraes PT MG 1 1
Geraldo Resende PSDB MS 1 1
Giuseppe Vecci PSDB GO 1 1
Gorete Pereira PR CE 1 1
Hélder Salomão PT ES 0 1 1
Heráclito Fortes DEM PI 1 1
Iracema Portella PP PI 1 1
Izalci Lucas PSDB DF 3 1 4
Jair Bolsonaro PSL RJ 1 2 3
Jandira Feghali PCdoB RJ 1 1
Jefferson Campos PSB SP 1 1
João Carlos Bacelar PR BA 6 6
Joao Daniel PT SE 1 1
João Gualberto PSDB BA 1 1
João Paulo Kleinubing DEM SC 3 3
João Paulo Papa PSDB SP 1 1
José Carlos Aleluia DEM BA 1 1
José Guimaraes PT CE 2 2
José Mentor PT SP 2 2
José Otávio Germano PP RS 3 3
José Priante MDB PA 1 1
José Stédile PSB RS 1 1 2
Josias Gomes PT BA 1 1
Josué Bengtson PTB PA 1 1
Jozi Araujo Podemos AP 4 4
Júlio Lopes PP RJ 2 2
Junji Abe MDB SP 1 1
Jutahy Junior PSDB BA 1 1
Laura Carneiro DEM RJ 1 1
Lindomar Garcon PRB RO 1 1
Lúcio Mosquini MDB RO 1 1
Lúcio Vieira Lima MDB BA 4 1 5
Luís Tibé Avante MG 3 3
Luiz Cláudio PR RO 1 1
Luiz Fernando Faria PP MG 4 4
Luiz Nishimori PR PR 2 2
Luiz Sérgio PT RJ 2 2
Macedo PP CE 1 1
Magda Mofatto PR GO 1 1
Mandetta DEM MS 1 1
Manoel Júnior PTB PB 1 1
Marcelo Matos PSD RJ 1 1
Márcio Alvino PR SP 1 1
Marco Maia PT RS 4 4
Marco Tebaldi PSDB SC 1 1
Marcos Reategui PSD AP 1 3 4
Marcus Vicente PP ES 1 1
Maria Do Rosário PT RS 1 1
Marinaldo Rosendo PP PE 2 2
Mário Negromonte Jr. PP BA 2 2
Marquinhos Mendes PT RJ 1 1
Maurício Quintella Lessa PR AL 1 1
Milton Monti PR SP 2 2
Nelson Meurer PP PR 2 1 3
Nelson Padovani PP PR 1 1
Nelson Pellegrino PT BA 1 1
Newton Cardoso Jr MDB MG 2 1 3
Nilson Leitao PSDB MT 4 4
Nilton Capixaba PTB RO 2 2
Odair Cunha PT MG 1 1
Osmar Bertoldi DEM PR 1 1
Paes Landim PTB PI 1 1
Paulão PT AL 1 1
Paulo Feijó PR RJ 1 1
Paulo Henrique da Costa PP CE 1 1
Paulo Magalhães PSD BA 1 1
Paulo Pereira Da Silva SD SP 3 1 4
Paulo Pimenta PT RS 1 1
Pedro Paulo DEM RJ 2 2
Pr. Marco Feliciano Podemos SP 1 1
Professora Dorinha Seabra Rezende DEM TO 1 3 4
Raquel Muniz PSD MG 2 2
Rejane Dias PT PI 1 1
Ricardo Barros PP PR 1 1
Ricardo Teobaldo Podemos PE 3 3
Roberto Alves PRB SP 1 1
Roberto Britto PP BA 1 1
Roberto Góes PDT AP 8 10 18
Roberto Teixeira PSC PE 1 1
Rodrigo Garcia DEM SP 1 1
Rodrigo Maia DEM RJ 2 2
Rogerio Marinho PSDB RN 6 6
Rogério Rosso PSD DF 1 1
Rômulo Gouveia PSD PB 1 1 2
Ronaldo Benedet MDB SC 3 3
Ronaldo Carletto PP BA 1 1
Ronaldo Lessa PDT AL 2 2
Rôney Nemer PP DF 3 1 4
Rossoni PSDB PR 5 5
Rubens Otoni PT GO 1 1
Sabino Castelo Branco PR AM 3 3
Salvador Zimbaldi PSB SP 1 1
Sandes Junior PP GO 1 1
Sérgio Vidigal PDT ES 2 2
Shéridan PSDB RR 2 2
Silas Câmara PRB AM 1 1 2
Subtenente Gonzaga PDT MG 1 1
Takayama PSC PR 1 1 2
Toninho Pinheiro PP MG 2 2
Valtenir Pereira MDB MT 2 2
Vander Loubet PT MS 2 1 3
Veneziano Vital Do Rego PSB PB 6 6
Vicente Candido PT SP 2 2
Vicentinho PT SP 1 1
Victor Mendes MDB MA 1 1
Vinícius Gurgel PR CE 2 2
Waldir Maranhão PSDB SE 1 1
Walney Rocha PEN MT 1 1
Washington Reis PSDB MG 1 1
Weverton Rocha PDT RS 2 2
Wladimir Costa SD PB 2 2 4
Yeda Crusius PSDB RS 1 1
Zeca Cavalcanti PTB RS 11 11
Zeca Dirceu PT PR 1 1
Zeca Do Pt PT SP 9 2 11

 

<< Veja quem são os senadores investigados

<<  Quase 60 mil pessoas têm direito a foro privilegiado no Brasil

--- Matéria atualizada às 16h55 de 14 de junho de 2018 para exclusão do nome do deputado Onyx Lorenzoni, cujo único inquérito a que respondia foi arquivado pelo Supremo.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!