TSE determina remoção de posts pró-Bolsonaro impulsionados por aliado

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Carlos Horbach determinou, em decisão liminar, a remoção de duas publicações impulsionadas a favor do candidato a Presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) do Facebook (veja a íntegra).

Os posts foram impulsionados por Ruy Santiago Irigaray Júnior, correligionário de Bolsonaro e candidato a deputado estadual no Rio Grande do Sul pelo partido. Ele é administrador da página “Armas S.A”, que se apresenta como “organização sem fins lucrativos”, onde as publicações foram feitas e impulsionadas.

Um dos posts patrocinados por Irigaray e sua página. Prática é proibida pela legislação eleitoral
reprodução/Facebook
O ministro atendeu a um pedido apresentado pela também candidata à Presidência, Marina Silva (Rede) e as duas publicações terão de ser retiradas em até 48 horas. A decisão é de ontem (30 de setembro), publicada hoje (1).

As publicações foram feitas na página administrada por Irigaray, e impulsionadas pelo candidato. A legislação eleitoral permite apenas que perfis oficiais dos partidos ou dos próprios candidatos impulsione publicações.

A decisão de Horbach ainda proíbe que Irigaray faça novas publicações e impulsione propaganda eleitoral em favor de Bolsonaro na página, que tem mais de 255 mil seguidores. A decisão também estabelece multa de R$ 15 mil em caso de descumprimento.  

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!