Ibope e Datafolha divergem sobre adversário de Eduardo Paes no segundo turno

Pesquisas divulgadas esta noite (6) pelo Ibope e pelo Datafolha reforçam o favoritismo do ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) na disputa ao governo do Rio de Janeiro, neste domingo (7), e deixam incertezas sobre o seu adversário em um eventual segundo turno.

O Ibope aponta Romário (Podemos) como favorito para ficar com a segunda vaga, com 20%. Índio da Costa (PSD) e Wilson Witzel (PSC) aparecem empatados com 12%. O Datafolha indica outro cenário: Romário e Witzel empatados com 17% e Índio com 13%. A margem de erro nas duas pesquisas é de 2 pontos para mais ou para menos.

Datafolha:

Votos válidos
Excluídos os votos em branco, nulos e os eleitores que se declaram indecisos

Eduardo Paes (DEM): 27%
Romário (Podemos): 17%
Wilson Witzel (PSC): 17%
Indio (PSD): 13%
Tarcísio Motta (Psol): 12%
Pedro Fernandes (PDT):6%
Marcia Tiburi (PT): 4%
Marcelo Trindade (Novo): 2%
André Monteiro (PRTB): 1%
Luiz Eugênio Honorato (PCO): 0%
Dayse Oliveira (PSTU): 0%

Simulação de segundo turno

Eduardo Paes 45% x 31% Romário
Branco/nulo 24%, não sabe 1%

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
2.667 pessoas ouvidas em 68 municípios entre 5 e 6 de outubro
Registro no TSE: RJ-03806/2018

Ibope

Votos válidos
Excluídos os votos em branco, nulos e os eleitores que se declaram indecisos:

Eduardo Paes (DEM): 32%
Romário Faria (Podemos): 20%
Indio (PSD): 12%
Wilson Witzel (PSC): 12%
Tarcísio Motta (Psol): 8%
Pedro Fernandes (PDT): 6%
Marcia Tiburi (PT): 6%
Marcelo Trindade (Novo): 2%
André Monteiro (PRTB): 1%
Dayse Oliveira (PSTU): 1%
Luiz Eugenio (PCO): 0%

Simulações de segundo turno (votos totais)

Eduardo Paes 44% x 30% Romário
Branco/nulo: 24%, não sabe 3%

Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
2002 eleitores ouvidos entre 4 e 6 de outubro
Registro no TRE: RJ-02500/2018
Registro no TSE: BR-08137/2018

Pesquisa contratada pela TV Globo e Editora Globo, que edita o jornal O Globo


Com Ibaneis disparado, DF tem disputa acirrada por vaga no segundo turno, diz Datafolha

ibaneisEm sua estreia eleitoral, Ibaneis aparece como surpresa na eleição do DF

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (6) aponta disputa acirrada entre a ex-deputada distrital Eliana Pedrosa (Pros) e o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) por uma vaga no segundo turno no Distrito Federal. Os dois estão empatados com 13% dos votos válidos.

O levantamento, feito ontem e hoje, traz a liderança folgada do advogado Ibaneis Rocha (MDB), com 40%. Para ganhar em primeiro turno, ele precisa alcançar 50% dos votos válidos mais um. Ibaneis também aparece como favorito para vencer no segundo turno nas três simulações feitas pelo instituto.

Veja os percentuais do Datafolha no Distrito Federal:

Votos válidos
Excluídos os votos em branco, nulos e os eleitores que se declaram indecisos:

Ibaneis (MDB): 40%
Eliana Pedrosa (Pros): 13%
Rodrigo Rollemberg (PSB): 13%
Rogério Rosso (PSD): 10%
Alberto Fraga (DEM): 9%
General Paulo Chagas (PRP): 5%
Fátima Sousa (Psol): 4%
Miragaya (PT): 3%
Alexandre Guerra (Novo): 2%
Guillen (PSTU): 0%
Renan Rosa (PCO): 0%

Votos totais
Incluídos os percentuais de votos em branco, nulos e indecisos:

Ibaneis (MDB): 36%
Eliana Pedrosa (Pros): 12%
Rodrigo Rollemberg (PSB): 11%
Rogério Rosso (PSD): 9%
Alberto Fraga (DEM): 8%
General Paulo Chagas (PRP): 5%
Fátima Sousa (PSOL): 4%
Miragaya (PT): 3%
Alexandre Guerra (Novo): 2%
Guillen (PSTU): 0%
Renan Rosa (PCO): 0%
Brancos/nulos: 6%
Não sabe: 4%

Simulações de segundo turno (votos totais)

Segundo turno

Em sua primeira eleição a um mandato público, Ibaneis surge como favorito para vencer no segundo turno, de acordo com simulações feitas pelo Datafolha na véspera da primeira rodada de votações.

Ibaneis 62% x 24% Eliana
Branco/nulo: 12%; não sabe: 2%

Ibaneis 64% x 23% Rollemberg
Branco/nulo: 11%; não sabe: 2%

Ibaneis 63% x 21% Fraga
Branco/nulo: 13%; não sabe: 3%

Rejeição

Candidato à reeleição, Rollemberg tem a maior rejeição entre os postulantes ao Palácio do Buriti. Quase metade dos eleitores entrevistados disseram que não votariam nele de forma alguma.

Veja números da rejeição:

Rodrigo Rollemberg (PSB): 48%
Eliana Pedrosa (Pros): 40%
Alberto Fraga (DEM): 39%
Miragaya (PT): 27%
Rogério Rosso (PSD): 24%
Fátima Sousa (Psol): 20%
General Paulo Chagas (PRP): 18%
Ibaneis (MDB): 18%
Alexandre Guerra (Novo): 16%
Guillen (PSTU): 15%
Renan Rosa (PCO): 15%
Poderia votar em todos: 1%
Rejeita todos: 3%
Não sabe: 5%

O Datafolha ouviu 2.089 eleitores de todas as regiões do Distrito Federal entre ontem (5) e hoje (6). A margem de erro é de 2 pontos para mais ou para menos e o índice de confiança, de 95%. O levantamento está registrado no TSE (BR-06106/2018).


Ibope e Datafolha indicam segundo turno entre Doria e Skaf em São Paulo

Tucano e emedebista empatam tecnicamente na pesquisa realizada pelo Ibope. No levantamento do Datafolha, a diferença é de sete pontos percentuais

As pesquisas Datafolha e Ibope deste sábado (7), véspera da eleição, apontam resultados semelhantes na disputa ao governo de São Paulo. Os candidatos João Doria (PSDB) e Paulo Skaf (MDB) devem levar a disputa pelo Palácio dos Bandeirantes para o segundo turno.

Na pesquisa do Datafolha, considerando apenas os votos válidos - excluindo os que responderam que votariam em branco ou anulariam o voto -, Doria lidera com 33% contra 26% de Skaf. O atual governador Marcio França (PSB) tem 20%.

Já na realizada pelo Ibope, o tucano e o emedebista empatam tecnicamente. Doria aparece com 32% e Skaf, 30%. França tem 18% dos votos válidos na pesquisa.

Na pesquisa do Datafolha, a diferença entre Skaf e França é a menor registrada pelo instituto, de seis pontos percentuais nos votos válidos. Skaf tem 26% e França, 20%.

Concorrem ao governo de São Paulo Luiz Marinho (PT), que tem 8% ambas as pesquisas, Major Costa e Silva (DC) com 4% nos dois levantamentos, Professora Lisete (Psol) com 3% no Datafolha e 2% no Ibope, Rogerio Chequer (Novo), que tem 2% no Datafolha e 1% no Ibope, e Rodrigo Tavares (PRTB), com 2% no Datafolha e 1% no Ibope.

Marcelo Cândido (PDT), Prof. Cláudio Fernando (PMN), Toninho Ferreira (PSTU) e Lilian Miranda (PCO) também estão na disputa, e registraram 1% no Ibope. Apenas o candidato do PMN não pontuou neste levantamento.

Rejeição

Além do empate técnico entre o tucano e o emedebista, a pesquisa feita pelo Ibope, encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo e a TV Globo, aponta que Doria é o candidato mais rejeitado, com 31% dos entrevistados afirmando que não votaria nele de jeito nenhum.

O segundo mais rejeitado é Luiz Marinho (PT), que tem 10% das intenções de voto de acordo com a pesquisa. A rejeição dele é de 23%.

Skaf é rejeitado por 17%, enquanto a rejeição de França é de 9%.

O Ibope entrevistou 2002 pessoas entre 4 e 6 de outubro. O Datafolha fez o levantamento com 4506 pessoas entre 5 e 6 de outubro. A margem de erro de ambas as pesquisas é de dois pontos para mais ou para menos e o índice de confiança é de 95%.

A pesquisa Ibope foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo SP-08795/2018 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-04524/2018. A Datafolha está sob o registro SP-04272/2018 no TSE.

Continuar lendo

Assine e obtenha atualizações em tempo real em seu dispositivo!